Interpretação simultânea

A Calliope oferece soluções chave-na-mão de interpretação simultânea e serviços conexos para todos os tipos de reuniões e eventos com interpretação simultânea, sejam eles grandes ou pequenos.

Cabinas normalizadas de interpretação simultânea

Interpretação simultânea 

A interpretação simultânea é a opção preferida para muitos eventos, visto ser discreta e permitir a interpretação das palavras do orador em várias línguas faladas ou gestuais diferentes em tempo real. Por exemplo, numa conferência com interpretação em seis línguas, tudo o que for dito numa delas é traduzido quase em simultâneo para as restantes cinco, possibilitando que os oradores das seis línguas sigam e participem na reunião. Amiúde incorretamente designada por “tradução simultânea” ou “tradução ao vivo”, a interpretação simultânea exige intérpretes de conferência profissionais sujeitos a uma formação rigorosa.

Na interpretação simultânea, os intérpretes de línguas faladas trabalham em cabinas insonorizadas, de preferência com vista direta para o orador. Recebem o som através de auscultadores (fones) e interpretam o discurso para a língua de chegada em tempo real, com um ligeiro desfasamento de segundos. Os participantes na reunião ouvem a interpretação através de auscultadores, podendo escolher o canal da língua pretendida. A interpretação simultânea exige dois ou três intérpretes por língua de chegada, que se substituem e fazem intervalos alternadamente (normalmente em cada 20-30 minutos).

Para obter mais informações sobre a interpretação simultânea de língua gestual, consulte a página dedicada

Normalmente, a interpretação simultânea é recomendada para:

  • Grandes eventos com um grande número de línguas, tais como as reuniões da Presidência da UE
  • Reuniões bilaterais sem tempo para a interpretação consecutiva
  • Cimeiras com um grande número de cabinas, situadas ou não na sala de reuniões
  • Eventos empresariais ou assembleias de acionistas em que o fator tempo seja essencial
  • Seminários sobre temas variados, desde a resolução de conflitos aos recursos genéticos marinhos
  • Conferências técnicas e médicas, por vezes com cirurgias em tempo real
  • Conferências de Partes Contratantes (CPC), e muitas mais

A Calliope pode:

  • ajudá-lo(a) a escolher o tipo de interpretação mais adequado para o seu evento

  • selecionar os intérpretes mais qualificados, tendo em conta a formação académica, a experiência relevante, o desenvolvimento profissional contínuo (DPC) e as especializações

  • aconselhá-lo(a) sobre o equipamento de interpretação (por exemplo, sobre o número e a localização das cabinas) e os fornecedores locais

  • assegurar a coordenação e resolver problemas no local

 

Exemplos da nossa carteira de clientes:

OEDT

Laurence Corréard a efetuar interpretação simultânea em LisboaNos últimos dez anos, o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT), em Lisboa, confiou a Laurence Corréard, membro da Calliope em Portugal, o recrutamento das suas equipas de intérpretes simultâneos. Sejam as reuniões dos seus Conselho de Administração e Comité Orçamental ou as conferências de imprensa para apresentação dos relatórios anuais da organização, todas são interpretadas em simultâneo. As equipas de intérpretes, que Laurence tem por vezes de formar muito rapidamente, cobrem até sete línguas em cada reunião, a partir das avançadas cabinas do centro de conferências do OEDT.

 

 

 

Corte Interamericana de Direitos Humanos, São José, Costa Rica

Sharona Wolkowicz a efetuar interpretação simultânea na Corte Interamericana de Direitos HumanosHá trabalhos na carreira de um intérprete que, apesar dos desafios técnicos ou intelectuais que colocam, marcam por ser particularmente gratificantes. Desde 2008 que Sharona Wolkowicz, representante da Calliope para a América Central, organiza as equipas de intérpretes simultâneos necessárias na Corte Interamericana de Direitos Humanos, em São José, Costa Rica. Trabalhar na Corte representa um desafio constante, tanto pela complexidade das matérias como pela carga emocional e o carácter lancinante dos testemunhos das vítimas que perante ela se apresentam. Além disso, as audiências públicas da Corte são difundidas via Internet, facto que representa uma responsabilidade adicional para a equipa.

 

 

Chipre: Congresso partidário antes das eleições europeias de 2014

Irina Pipis a efetuar a interpretação simultânea do discurso de Jean-Claude JunckerJean-Claude Juncker e o Presidente de Chipre, Nikos Anastassiades, foram os oradores principais num congresso partidário realizado durante a campanha para as eleições europeias de 2014. Irina Christodoulou-Pipis, membro da Calliope para Chipre, recrutou uma equipa de intérpretes para prestar serviços de interpretação simultânea.

 

 

 

 

 

 

 

Solicite um orçamento