Interpretação consecutiva

Nathalie Pijollet a efetuar interpretação consecutiva em Paris

Interpretação consecutiva

Normalmente, a interpretação consecutiva é uma solução utilizada em reuniões menores e restritas, bem como nas visitas diplomáticas. Neste tipo de interpretação, os oradores proferem os seus discursos em passagens ou períodos completos, que interrompem para permitir a interpretação.

O intérprete toma notas enquanto ouve o orador, fazendo depois a interpretação para a língua de chegada durante a pausa no discurso. Na interpretação consecutiva, o intérprete e o orador sentam-se lado a lado, o que limita o equipamento necessário a microfones e a um sistema sonoro com altifalantes, caso a reunião se realize numa grande sala ou perante uma grande audiência.

Quem consegue decifrar as notas de um intérprete?

 

Os intérpretes consecutivos tomam notas utilizando uma combinação única e linguisticamente neutra de abreviaturas e símbolos que, juntamente com a memória, lhes permite reconstruírem o discurso original numa língua diferente, dois, cinco ou dez minutos depois de o terem ouvido.

Cada intérprete tem um sistema único de tomada de notas, desenvolvido com formação e aperfeiçoado com trabalhos práticos, para registar factos e ideias e ajudar a sua memória. Assim, é praticamente impossível que um intérprete consiga decifrar as notas tomadas por um colega ou reconstruir uma mensagem de forma completa e fiel horas depois de ouvir o discurso.

Quem pode prestar um serviço de interpretação consecutiva de alta qualidade?

Os intérpretes de conferência são profissionais com um elevado nível de formação, geralmente com habilitações mínimas de mestrado, que detêm uma vasta cultura geral e um verdadeiro domínio das línguas que interpretam. Os profissionais recrutados pela Calliope são, de preferência, membros da AIIC (Associação Internacional de Intérpretes de Conferência) e/ou acreditados por organizações nacionais e internacionais, entre as quais as agências da ONU e as instituições da UE. Estão obrigados a um sigilo profissional absoluto e são selecionados com base na sua experiência no tema do evento em causa, para o qual se preparam de forma exaustiva, familiarizando-se com as questões e terminologia pertinentes.

A Calliope pode:

  • ajudá-lo(a) a escolher o tipo de interpretação mais adequado para o seu evento

  • aconselhá-lo(a) sobre a disposição da sala e o equipamento necessário para cada tipo de interpretação

  • selecionar os intérpretes mais qualificados, formados nas melhores universidades e com um excelente domínio da interpretação consecutiva.

Exemplos da nossa carteira de clientes

 

Claudia Ricci a efetuar interpretação consecutiva perante um vasto público em Itália

Futura Festival, evento com Zygmunt Bauman e George Ritzer, Itália

Em muitos casos, os serviços de interpretação consecutiva são prestados em pequenas reuniões empresariais, cursos de formação, conferências com apenas um ou dois discursos numa língua estrangeira ou reuniões de alto nível. No entanto, podem também ser prestados em grandes eventos, nomeadamente em espaços abertos, onde é difícil distribuir e utilizar recetores e auscultadores para interpretação simultânea.

Na imagem, a membro da Calliope para Itália, Claudia Ricci, efetua interpretação consecutiva num evento público, realizado numa praça de uma cidade, com os sociólogos Zygmunt Bauman e George Ritzer.

 

Irina Pipis a efetuar interpretação consecutiva durante a visita de Juncker a Chipre

Conferência de imprensa durante a campanha presidencial de Jean-Claude Juncker em 2014

Em maio de 2014, Jean-Claude Juncker visitou Chipre no âmbito da campanha “Juncker para Presidente”, antes das eleições para o Parlamento Europeu. Realizou uma conferência de imprensa conjunta com o líder do partido Aliança Democrática no poder e participou no congresso para as eleições europeias do mesmo partido, no qual proferiu um importante discurso. Coube a Irina Pipis, membro da Calliope para Chipre, transmitir a mensagem de Juncker por meio de interpretação consecutiva.

 

Cerimónia de entrega de prémio parlamentar franco-alemão

Em 20 de novembro de 2013, uma delegação do Parlamento Federal alemão (Bundestag), encabeçada pelo seu Presidente, Norbert Lammert, visitou Paris para assinalar a atribuição do prémio parlamentar franco-alemão na Assembleia Nacional francesa. No decorrer da visita, numa cerimónia realizada no Hotel Beauharnais, residência oficial do Embaixador da Alemanha em França, Lammert entregou a Ordem de Mérito alemã (Bundesverdienstkreuz) a Christine Boulay-Deilhes, em reconhecimento pelo seu trabalho de promoção da amizade franco-alemã. Nathalie Pijollet, membro da Calliope para a Alemanha, fez a interpretação consecutiva dos discursos de Norbert Lammert e Christine Boulay-Deilhes. Tratou-se de uma cerimónia deveras tocante num ambiente excecional, presenciada pelos convidados franceses e alemães que se dispuseram a ir homenagear Christine Boulay-Deilhes.

Solicite um orçamento