Sistemas de audioguia: pros e contras

 | Melhores práticas de interpretação

Apesar do sistema de interpretação portátil, também chamado de bidule ou infoport, não substituir uma cabina devidamente insonorizada, pode revelar-se útil em determinadas alturas.

Precisa de organizar visitas guiadas durante as quais oradores, intérpretes e delegados têm de se deslocar? Precisa de interpretação apenas para um reduzido número de delegados, tão reduzido que não justifica uma instalação de interpretação mais sofisticada? Tem de organizar reuniões bilingues em salas demasiado pequenas para caber uma cabina de interpretação de conferência?

Se qualquer destes cenários corresponde à sua situação, poderá fazer sentido utilizar um sistema portátil, muitas vezes chamado Infoport ou bidule no mundo da interpretação. No entanto, é sempre melhor facultar aos seus intérpretes uma cabina insonorizada, quando possível. Leia aqui as situações em que um bidule pode responder às suas necessidades.

Como funciona o sistema portátil ou Infoport / bidule?

O bidule permite fazer interpretação simultânea sem ter de utilizar uma cabina de interpretação. Os intérpretes usam um equipamento com radiotransmissor/microfone e os delegados ouvem a interpretação através de um auscultadores.

Os intérpretes têm de ficar junto do orador durante toda a palestra, sobretudo quando se deslocam, para ouvir bem e interpretar tudo o que disser o orador. Se o evento tem lugar numa só sala, é altamente recomendado que o orador use um microfone equipado com um sistema PA, com auscultadores para o intérprete.

Avaliar os pros e contras da utilização do bidule

Seguem aqui alguns fatores importantes a ter em conta:

Os pros 

  • Um bidule não é caro e é fácil de instalar e de transportar
  • Permite muita flexibilidade
  • Ocupa muito pouco espaço
  • Os delegados podem deslocar-se de uma sala para outra, acompanhados pelos seus intérpretes
  • Pode ser uma alternativa válida quando o número de delegados é demasiado elevado para se poder fazer interpretação sussurrada

Os contras

  • Os interpretes não estão em cabines insonorizadas e as suas vozes podem incomodar os participantes
  • As condições sonoras, se não forem boas, podem impedir os intérpretes de ouvir e traduzir a mensagem toda
  • Para os delegados, a qualidade do som é significativamente inferior à de uma instalação de interpretação simultânea completa
  • Nenhum pessoal técnico se encontra presente no local para resolver eventuais problemas com o sistema
  • O sistema só funciona para a interpretação entre duas línguas.

Tenha também em conta que o número de intérpretes necessário será igual ao de um sistema de interpretação simultânea com cabina.

Quando o bidule é a única opção possível

Apesar dos inconvenientes inerentes, não se pode negar que o bidule pode ser uma solução útil para reuniões curtas envolvendo um número limitado de delegados e para eventos que implicam deslocações. Imagine, por exemplo, a visita de uma fábrica ou de uma grande instalação. Graças a este sistema portátil, os delegados podem deslocar-se livremente de um local para outro enquanto ouvem o comentário original noutra língua.

Em conclusão, o sistema de interpretação portátil pode ser útil para determinado tipo de evento, não podendo, no entanto, ser considerado como uma alternativa viável a um sistema de interpretação simultânea devida e profissionalmente instalado e com uma cabina bem insonorizada.

Contate-nos para saber mais sobre sistemas de interpretação portáteis ou bidules e obter recomendações sobre fornecedores confiáveis. 

Interpretação com um bidule numa desmonstração de Tai Chi durante a Conferência mundial do COI sobre o desporto para todos, que decorreu em Lima, Peru.

Partilhe este artigo: