Normas ISO para a interpretação de conferência ganham forma

 | Experts

Os membros da Calliope estão ativamente envolvidos no desenvolvimento de normas de interpretação tanto nacionais como internacionais. A Argentina dispõe agora de uma norma nacional geral que serviu de padrão normativo noutros países, inclusive no Brasil. Um conjunto de normas internacionais sobre interpretação incluirá em breve uma norma especializada sobre a interpretação de conferência.

O trabalho da ISO na definição das normas de interpretação avança rapidamente

Conforme anunciado no nosso artigo de 2016, as associações setoriais como a AIIC debruçaram-se nos últimos anos sobre o desenvolvimento ativo de um novo conjunto de normas relativas à interpretação com peritos nacionais e do sector, reunidos no grupo de trabalho sobre “interpretação”. A Argentina continua a desempenhar um papel de liderança neste âmbito uma vez que assume a coordenação do WG2, tendo como coordenadora Verónica Pérez Guarnieri, membro da Calliope para a América do Sul. Juntou-se recentemente a ela Haris Ghinos membro da Calliope para a Grécia, enquanto líder do projeto de desenvolvimento da próxima norma ISO sobre o interpretação de conferência.

A Argentina abriu o caminho…

No início de 2018, a Argentina adotou a IRAM 13612, a primeira norma regional deste tipo sobre interpretação, a qual inclui cláusulas sobre as condições de trabalho, os modos de interpretação e as qualificações dos intérpretes. Esta norma não só conscientizou compradores e utilizadores dos serviços de interpretação sobre estas questões mas obriga doravante todas as agências governamentais a elaborarem os concursos públicos de acordo com estes requisitos. A Associação Internacional de Intérpretes de Conferência (AIIC) e a Associação Argentina de Intérpretes de Conferência (ADICA) estão mencionadas na norma como exemplos de associações profissionais idóneas para garantir a qualidade dos serviços prestados pelos intérpretes.

… seguida por perto pela ISO

Poucos dias depois, a ISO publicou a norma ISO 18841 sobre Serviços de interpretação – Disposições gerais e recomendações que inclui secções sobre protocolos de interpretação e código deontológico, mercados públicos, competências e qualificações assim como anexos sobre as responsabilidades dos intérpretes, condições de trabalho adequadas e trauma profissional. Verónica Pérez Guarnieri assumiu a liderança deste projeto.

Seguiu brevemente, no início de 2019, a publicação de uma norma sobre a interpretação jurídica que define as condições em que os intérpretes dos tribunais podem desempenhar o seu papel e presta recomendações aos utilizadores dos serviços de interpretação jurídica. A liderança deste projeto foi assumida por outro membro da AIIC, Liese Katschinka.

Olhando para o futuro

Aguardamos nos próximos dois anos a nova norma dedicada especificamente à interpretação de conferência. Desta vez, foi nomeado Haris Ghinos, membro da Calliope para a Grécia, para encabeçar o projeto e o desenvolvimento deste trabalho. Esta norma muito aguardada dará uma definição da profissão, uma lista das qualificações e competências exigidas e uma descrição das tarefas do intérprete antes e durante a sua prestação. Para além disso, incluirá uma secção sobre as qualificações organizacionais exigidas ao intérprete-consultor enquanto prestador de serviços de interpretação de conferência e disposições sobre a garantia de qualidade. A norma esclarecerá que um projeto de interpretação bem-sucedido exige 1) intérpretes profissionais devidamente formados com 2) preparação/conhecimento adequado sobre o tema em apreço e 3) um prestador de serviços de interpretação de conferência profissional (CISP) assumindo a responsabilidade de todos os aspetos organizacionais, permitindo assim aos intérpretes de conferência a prestação de um serviço da maior qualidade. Aguardamos a publicação desta norma sobre a interpretação de conferência com grandes expectativas.

A Calliope-Interpreters orgulha-se dos enormes passos realizados no sentido de definir as normas para os serviços de interpretação e acredita firmemente que as novas normas contribuirão para a melhoria tanto da qualidade do serviço prestado aos clientes e da transparência do mercado como para os objetivos que a Calliope procura alcançar cada dia.

A Calliope-Interpreters é uma rede mundial de intérpretes-consultores que se dedica a prestar aos seus clientes soluções linguísticas da mais alta qualidade. Contacte-nos para falarmos do seu próximo evento.

Partilhe este artigo: