Apresentamos Maya de Wit: intérprete consultora de língua de sinais

 | Experts

A Calliope-Interpreters tem a honra de apresentar a sua nova integrante, Maya de Wit, o novo contato da Calliope para a interpretação em linguagem de sinais no mundo inteiro. Graças à Maya, a Calliope posiciona-se para oferecer expertise em interpretação em linguagem de sinais para todos os seus clientes. A chegada de Maya à nossa rede deu-se em momento oportuno, tendo em vista a presença da acessibilidade na pauta de inúmeros governos e associações internacionais.

 

Intérprete de linguagem gestual Maya de Wit

Maya atua como intérprete de língua de sinais há mais de 25 anos. Após se iniciar com a língua de sinais americana (LSA), ela acrescentou ao seu repertório a língua de sinais neerlandesa (NGT) e a língua internacional de sinais (IS), também conhecida como gestuno. Ela trabalha entre essas três línguas de sinais e o inglês, neerlandês e alemão. Nascida na Suíça, Maya já morou nos Estados Unidos, Canadá e Brasil. Atualmente domiciliada nos Países Baixos, ela tem acesso a uma rede mundial de profissionais graças à sua experiência como Presidente do Fórum Europeu de Intérpretes das Línguas de Sinais (EFSLI) de 2006 a 2012 e à sua invejável reputação como formadora internacional e pesquisadora de temas relativos à interpretação em língua de sinais. A cada quatro anos, Maya pesquisa, redige e publica Sign Language Interpreting in Europe, um trabalho de referência que descreve os pormenores da profissão em 45 países europeus.

Uma das áreas de especialidade de Maya é a escalação e coordenação de equipes de intérpretes de sinais para conferências multilíngues e reuniões de alto nível. Em 2016 ela foi a assessora principal para a interpretação na conferência emblemática sobre “Multilinguismo e direitos iguais na UE: o papel das línguas de sinais”, onde 145 intérpretes trabalharam juntos nas 24 línguas orais da UE e nas 31 línguas de sinais europeias, no hemiciclo do Parlamento Europeu em Bruxelas. Recentemente, ela coordenou os serviços de interpretação para a conferência ICSLA 2018, em Istambul, onde foi oferecida interpretação em seis línguas orais e de sinais. É ela quem se certifica de que todos os intérpretes, tanto de línguas orais como de sinais, constituam uma equipe homogênea, tudo com o objetivo de fornecer serviços de interpretação da mais alta qualidade à altura das necessidades do cliente e dos participantes. Além disso, Maya oferece assessoria sobre a localização e os requerimentos técnicos dos intérpretes de língua de sinais, bem como os materiais necessários a uma comunicação ininterrupta.

A procura por interpretação em língua de sinais está aumentando em decorrência das novas e ambiciosas leis sobre acessibilidade e da conscientização cada vez maior dos organizadores de eventos acerca da importância de tornar suas conferências acessíveis para todos os participantes, inclusive aqueles portadores de deficiência auditiva. Até agora, 177 países já ratificaram a Convenção das Nações Unidas sobre os direitos das pessoas com deficiência (UNCRPD), conforme a qual os países devem tomar as providências necessárias para fornecer serviços de interpretação em linguagem de sinais.

Partilhe este artigo:

Graças à Maya, a Calliope posiciona-se para oferecer expertise em interpretação em linguagem de sinais para todos os seus clientes, com o intuito de garantir uma comunicação ininterrupta e vencer mais uma barreira linguística. Quer tornar o seu evento acessível para todos? Entre em contato com a Calliope.